4 de fevereiro de 2009

Não tou legal !!!!

Acho um absurdo ficar seis dias sem postar, principalmente quando tem tanta coisa bacana acontecendo e bastava só um esforcinho prá achar um jeito legal de contar, mas não tou bem esses dias. Fico olhando prá tela, sem conseguir escrever nem um "o" com um copo, além do mais, me dá logo dor de cabeça e enjôo, parece praga do povo de casa dizendo que monopolizo o computador...
Fui pro festival de verão de Salvador no sábado, encomendei a sétima temporada da Feiticeira, enfim lançada pela Sony (falta apenas um boxe para fechar a coleção dessa série que amo tanto) e ainda um dos meus poemas foi usado em uma questão do vestibular da Universidade Estadual da Bahia. Te mete!!! E descobri da forma mais bonitinha possível, minha filha estava fazendo a prova, leu a questão e depois ligou prá mim toda emocionada: "Mãe, você virou Cecília Meireles". Menos Lu, menos....

9 comentários:

Caminhante disse...

Cecília, Cecília!
(E o poema premiado, cadê?)

Anônimo disse...

1 - Monopoliza MESMO!
2 - Graças a Deus tá acabando a coleção da Feiticeira.
3 - Liguei depois que terminei, na hr não dava, mas deu vontade... rs!
4 - Nem contou que eu chorei horrores de orgulho.
5 - Beijos.
6 - Lucila

Anônimo disse...

Caminhante, aqui o poema,

Poema de agosto

Anne Cerqueira

Na velha mesa ainda resta
a ceia de outras tardes.
Porém nada desafia o tempo.
Os longos braços invadem
a casa
com seus rosários de vidro
e vento.
Tudo é estreito.

Mas o coração
ainda não sabe.

[Minha Mãe.]

Lucila

Teo disse...

Fiquei curioso! você já publicou livros? quantos?
Eu quero com dedicatória.
bsj Teo

Belos e Malvados disse...

P/Teo. Já publiquei sim, Teo. Mas faz algum tempo. Muitos de forma bem artesanal. Outros como prêmios de concursos... O de maior vulto foi esse de onde tiraram o poema e que foi adotado pela UNEB: uma antologia de poetas baianos do século vinte, organizado pelo escritor Assis Brasil.
lembra que pedi seu endereço há algum tempo? Era prá mandar alguns deles. Mas me mudei, depois me mudei de novo e os livros foram parar em alguma caixa por ai....

teo disse...

Anne,
Eu vou aparecer na cidade no meio do ano... vou exigir um recital! Convidamos os amigos, algumas garrafas de vinho e um noite com ares dos antigos saraus (é assim que escreve, não é?).
bjs Teo

Belos e Malvados disse...

P/ Teo. Está combinadíssimo, então. Só confirme a data depois para poder avisar a turma. Um beijo.

aeronauta disse...

Puxa, Anne, fiquei emocionada. Parabéns! Sua poesia é das melhores e merece grandes destaques!

Belos e Malvados disse...

P/Aeronauta: Obrigada, querida. Um grande beijo para vc.