17 de novembro de 2013

Onde foi que eu errei?

A gente trata os filhos com todo amor. Cuida da educação, da saúde. Fica atento se estão usando roupa de frio, se alimentando direito.
Com quem andam. Que horas vão voltar.
Sofre quando vão morar longe, mais ainda quando passam  meia hora sem dar notícias.
Esses clichês todos que envolvem o assunto.
Então, um belo dia, numa viagem da família, alguém lembra de ligar o som do carro. Você pede:
- Coloca a Jesuton. Aquela versão que ela fez da música do Elliott Smith.
E é bem neste momento que vem o golpe. O ser humano que você criou com-todo-amor-do-mundo, grita lá do banco traseiro quase em pânico:
- Não, pelo amor de Deus. Música boa não!


Um comentário:

debondan disse...

Pois é. Eu não sei se encolho ou finjo pra mim mesma que tá tudo bem...vai passar.Nossa vingança é o futuro rs