14 de maio de 2011

Thor

Hoje farei o que toda pessoa normal faz aos sábados. Dormir a tarde inteira. Ir ao cinema.  Thor entrou em cartaz justo quando Sem Graçópolis Feira de Santana acabou de estrear a primeira sala de projeção em 3D (Urruuuuuu) . Minha filha assistiu antes de mim e detestou. Mas vou contando. Não tem nada nesse mundo que me impeça de ver Thor,  herói preferido desde que passava o desenho animado nas minhas tardes de menina.
Tão tudo a ver. O filho de um deus poderoso é condenado a viver na terra como um mísero mortal, cheio de limitações e sem supor de quem se tratava de verdade. Não sei se o filme parte dessa premissa, mas manda bronca, Thor. Estou chegando.


Pelo sagrado martelo de Thor, Batman. Acho que entramos no post errado

8 comentários:

Mariana disse...

KKKK...então, bom cinema prá você, Anne! Também pretendo ver(o ator é dos deuses,rs).

Caminhante disse...

Meu apelido quando criança era Dim. Aí meu irmão mais velho gritava, do outro lado da casa: Ô, Dim, ô Dim! Quando eu me desabalava até o lugar onde ele estava, ele dizia; Eu não estava te chamando, estava apenas pronunciando em voz alto o nome do pai do Thor.

Lélia Sampaio disse...

adorei esta legenda. anne, tu precisava ver a reação de helena quando assistiu a RIO em 3D. beijos

Lucila disse...

Concordo com Mariana. O ator é dos deuses (gato demais!). Só por isso valeu a pena.

Maria do Carmo Vieira disse...

É mais ou menos isso, Bela, mas ele sabe quem é, sim. O filme não é dos melhores, mas é levezinho e dá pra curtir, inclusive com um pouco de graça. Assisti em São Paulo.

Depois escreve aqui o que achou, OK?

Borboletas nos Olhos disse...

Bom, é dirigido pelo kenneth então eu tenho obrigação moral de ver né?

Belos e Malvados disse...

Maria, sou nostálgica e purista. Detesto que mexam com minhas memórias afetivas. Então senti falta do desenho animado tosco e mal feito, no qual os personagens praticamente nem se movimentavam. Lembra? O foco era a história e não os efeitos especiais. É um filme claramente feito para 3D. As IMAGENS pedem profundidade. Mas, e dai?

Belos e Malvados disse...

Borboletas, ainda tem o Stan Lee (Marvel Comics) fazendo uma ponta no filme. Um "extra" para os fãs dos quadrinhos.