31 de agosto de 2010

Tarde demais para esquecer, 1957




Terry McKay (Débora Kerr) - O que faz a vida ser tão complicada?
Nickie Ferrante (Cary Grant) - As pessoas???!

10 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Sabe o que eu adoro? A Meg Ryan assistindo esse filme com a amiga e dizendo junto os diálogos. Fico me sentindo. Já vi tantas e tantas vezes e essa versão é a minha preferida (porque o Cary Grant é tudo, né).

Belos e Malvados disse...

Sabe que nesse filme eu assisto o Cary Grant, mas vejo o Antonio Fagundes? Kkkk

S. disse...

menina, que fase nostálgica é essa, hem?

Borboletas nos Olhos disse...

Jura? O Fagundes? Mistérios da natureza humana...eu nunca, nunquinha, ia pensá-lo com essa finesse, esse humor e essa sensualidade discreta...

Mônica Wesley disse...

Como sempre post perfeito com poucas palavras... *-*

Fiz uma homenagem pra vc pelo dia do Blog:http://monicawesley.blogspot.com/2010/08/dblog.html

Belos e Malvados disse...

Borboletas. Antonio Fagundes de Viver a Vida. Especificamente.

S. E não é? rsrs. Ando garimpando filmes e séries antigas prá ter em casa. Ultimamente só penso nisso.

Obrigada Mônica, adorei. Um beijo

Thainá Freitas disse...

Concordo com a moça...

Beijo ;*

Lélia Maria disse...

sim, as pessoas (nós e os outros, todos ao mesmo tempo).

a véia do blog disse...

Oi Belos, tudo bom?

Só dei uma passadinha...........tô recolhida, rsrs

Belos e Malvados disse...

Tudo bem Heydi. Saudades de você.