9 de novembro de 2010

Ela era gente boa, boníssima, maior amiga da turma. Tanto que foi a única professora convidada para a confraternização de fim de ano. Festa bombando, todo mundo no estilo-um-gole-a-mais, quando a criatura chega com um gravador e várias fitas. O colega deixa o som e a professora assume o lado dj.  Quinze minutos depois tinha gente até com olho lacrimejando, juro. Só rolava dor de cotovelo, música lentinha, uma tristeza! Literalmente.
...
...
...
Moral da história: não tem. Mas a professora nunca mais foi chamada para festa nenhuma.

9 comentários:

HG disse...

Coitados... Da professora e da turma!

Leonardo Xavier disse...

Que maldade, coitada da professora. Era só deixar ela longe da discotecagem na próxima festa. kkkk!

liasergia disse...

Ai, meu Deus! Mas vai... estas festas, em si, já são ciladas! :P

Borboletas nos Olhos disse...

Por isso que eu SEMPRE recuso os convites dos alunos com toda graça e educação. Eles continuam me curtindo e eu continuo com a fama, rsrs...

M.W. (@daconito) disse...

hauhauhau Ciladas mesmo!
Sefu!!!

Caminhante disse...

Pelo que você fala, faltavam bocudos na tua turma.

Belos e Malvados disse...

Caminhante, acho que faltava mesmo. A maioria era de mulher e ela era muito boazinha. Ninguém teve coragem.

a véia do blog disse...

Que saia justa, justíssima, rsrs

Shuzy disse...

Trágico... E cômico!
hehehe