15 de junho de 2013

Randômico

Tento escrever uma carta do próprio punho. Hábito tão fora de moda quanto a expressão, mas ainda super charmoso. Sem computador não dá, então desisto e mando e-mail mesmo. Na minha época a moda era ter mil blocos de papel decorado, cada um mais lindo que o outro.
Tudo bem, vamos salvar as árvores.
Mas folheio revistas. Será que só eu sinto incômodo com crianças vestidas como adultos e animais vestidos como gente?
Cada qual no seu cada qual.
James Franco diz que não gosta de dormir, sente como se tivesse muito a fazer. Eu gosto, mas com o tempo nem isso a gente faz direito. Aproveita, James.

Um comentário:

debondan disse...

Entendo o James, mas a gente sabe que é errado. Tb me incomoda pacas as projeções nas crianças e animais.Nenhum deles precisa disso pra serem mais felizes.