5 de janeiro de 2009

Retrato da blogueira quando criança...

Há um retrato de água e de quebranto
Que do fundo rompeu desta memória,
E tudo quanto é rio abre no canto
Que conta do retrato a velha história ...

(Saramago)

7 comentários:

Caminhante disse...

Mas qual delas é você, afinal?

Belos e Malvados disse...

P/ Caminhante: Pensei que ninguém ia perguntar (rs). No lado direito, a menina com grandes laços de fita olhando para o irmão....Eu e ele estamos com casacos iguais (arte de minha mãe - que não aparece na foto). Mas o meu tem listras vermelhas e o dele, azuis.

Zezé Esteves disse...

Oi Anne,
Apesar do tempo seus traços continuam os mesmos.
Bjs

Belos e Malvados disse...

P/Zezé. Eu também acho, Zezé. E as vezes fico olhando essas fotos e pensando: Graças a Deus que me reconheço. Maluquice minha (risos). Adorei sua presença aqui, apareça sempre. Um abração.

Caminhante disse...

E eu que não me reconheço? As pessoas são enfáticas em dizer que não tenho nada a ver com as minhas fotos de infância! :O

Sobre a foto: que lindinha você!

Belos e Malvados disse...

P/ Caminhante: Estranho né? Quando a gente cresce e fica buscando reconhecimento nessas fotos de infância...parece que foi outra pessoa que viveu tudo aquilo no seu lugar...Com você é assim também? Nem sei se esse distanciamento é bom ou ruim. Ou se essas voltas ao passado são necessárias para você se lembrar de quem é...
Bom, mas essa é outra conversa (rs). E completando seu comentário: "lindinha" e papudinha. (rs). Um abraço.

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado