11 de abril de 2011

Estrelas

Os álbuns de fotografia me ajudaram muito a entender a história da familia. Meus pais vieram de Pernambuco para a Bahia antes do meu nascimento e acabei sendo criada longe de tios, tias e avós, então só restaram as fotos e as histórias que minha mãe contava. Pensem ai: canceriana + vibe saudosista + fotos antigas = tudo a ver. Fora que as pessoas nas décadas passadas pareciam ter um glamour, um charme que hoje a gente não encontra em lugar algum. Não duvidem não, pois tenho provas.


Minha mãe.

( Eu:
- Nossa, parece uma artista de cinema.
E ela ria, contava a história da foto, descrevia o vestido...)


Vanilda, mãe de Clóvis.

Por uma dessas reviravoltas da vida esta foto chegou até mim semana passada e eu achei tão bonita que resolvi postar. Clóvis é meu amigo desde o tempo de universidade e lê o blog sempre,  mas raramente comenta. (Ai, ai, que feio!! Mesmo assim ganha um beijo).

Uma observação de Clóvis de Vanilda :  Os que estudaram ou trabalharam na UEFS devem lembrar dela, uma senhora de cabelos pintados que vendia cartões feitos de plantas e lia mão.

18 comentários:

Lucila disse...

Parecem artistas nessas fotos. E segundo a velha história foram mulheres de fibra, que deixaram saudades.

Assis Freitas disse...

como cantou Walter Franco: "quem puxa aos seus não degenera, não degenera não"


beijo

maria de fatima disse...

Ninha, desta vez vc foi fundo, estou super carente e ontem estive no tumulo dela, quanta saudade, que falta ela faz.....chorei....

Borboletas nos Olhos disse...

Eu amo P&B, mas disso você já sabe. Vou escanear uma foto da minha mãe. Você vai ver, suspeito que elas estrelaram os mesmos belos filmes.

Belos e Malvados disse...

Pois é Assis, sinto muita falta dela. Beijos.

Fau, fique bem. (Acho mamãe super parecida com Tadeu nessa foto).

Borboletas, com certeza uma daquelas produções maravilhosas bem no estilo da década de quarenta.
Fiquei curiosa, estou esperando a foto.

Beijos para todos (viu, Lu?)

Lucila disse...

Viu, mãe. Tá vendo, sempre fico de fora dos seus comentários.
Tia Fau, nem me fale de saudade, a véinha faz uma falta. Ninguém me mima que nem ela fazia. snif snif

clovis frederico disse...

Oi A., fotos bonitas, de bonitas mulheres. Achei interessante o título, eu falva com mainha assim, "minha estrela", vê-la no blog foi uma forma de matar as suadades que não me abandonam, obrigada. Ah! Como toda estrela, a minha era vaidosa demais, acho que ela gostaria de ter seu nome declinado, Vanilda, os que estudaram ou trabalharam na UEFS devem lembrar dela, uma senhora de cabelos pintados que vendia cartões feitos plantas e lia mão.
P.S.essa imagem foi feita por Nestor Vieira, na antiga Foto Vieira (Sr. dos Passos) no dia 25/08/1953, tá escrito no verso.
Clóvis de Vanilda

Mariana disse...

Tem um certo charme. Acho que eram mesmo mais fortes do que nós, hoje, que temos mais tudo a nosso favor.

Leonardo Xavier disse...

Eu acho legal quando as minhas tias mostram os albuns antigos ou de viagens.

eusoqueriadizer disse...

É, como foto era uma coisa difícil naquela época, acho q transmitiam mto mais do q hoje em dia... rs

Eu tb adoro ver as fotos antigas da minha família...

Bjusss

Danielle Martins disse...

Lindas mulheres: sua mãe, a de seu amigo e você!
Bjs!

Belos e Malvados disse...

Foi excesso de cuidado, Clóvis. Não colocaria o nome de vocês sem permissão. Pode não parecer, mas a internet ainda me assusta. Beijos.

Lucila disse...

Fiquei emocionada como esse post CANCERIANO DE SER!!!

Beijos

S. disse...

ai, post que dá vontades... rsrsrsr e beijos

Lélia Sampaio disse...

vanilda já ensinou biologia? se for, ela foi minha professora na escola técnica.

Belos e Malvados disse...

Lélia, vou perguntar este detalhe a Clóvis, porque já conheci Vanilda como funcionária da UEFS. Foi bem da época da gente, acho que você deve saber quem é sim. Bjos.

M.W. (@daconito) disse...

Tão bom ver fotos antigas... tbm sou canceriana... já viu né?

Realmente, uma elegância, não sei se o cabelo, as roupas... enfim...

Deve ser pq a moda agora é tirar foto no espelho do banheiro. hauhauha
Não se fazem fotos mais como antigamente.

Maria do Carmo Vieira disse...

É mesmo, Bela, as fotos antigas mostram as pessoas com um glamour que não se vê hoje em dia.