26 de abril de 2011

O caso do vestido. Três.

Além do talento com linhas e agulhas a costureira virou uma espécie de celebridade no bairro por causa de uma galinha.  A ave achava que era um gato e vivia ora aninhada nos pés da dona, ora seguindo a criatura fielmente por tudo que é canto. Um sucesso de critica e  público que atraia um monte de curiosos e que terminou fatidicamente. Explico.
Mamãe resolveu encomendar um vestido e me levou junto. Eu estava com dois anos de idade e acabei dando uma de Felícia, aquela personagem da Looney tunes que gostava tanto de animais que praticamente torturava todos com excesso de carinho. (Eu vou te amar, te abraçar, te apertar até os olhos pularem para fora da cabeça... Gatinho, gatinho, gatinho). Levem em conta que naquela época eu não tinha a mínima ideia do que era força física e exagerei feio na dose quando tentei tanger o pobre bicho para fora de casa. Resultado: matei a galinha-de-estimação-da-costureira.
Acreditem, não é uma história da qual me orgulhe, mas enfim...

Ah, e o vestido? Não teve. Nem tempo. Eu e minha mãe saimos corridas de lá.

12 comentários:

Lucila disse...

Meu lado Felícia de ser só tenta sufocar gente - que gosto!

Mariana disse...

KKKKKK...imagino a cena!
Acho suas histórias um barato,rs.

Borboletas nos Olhos disse...

Pensa assim: a Clarice matou os peixes...

Caminhante disse...

Isso parece uma parte do Mahabharata. Um dia te conto.

Shuzy disse...

hahaha
Lembrei de uma vez que minha maninha acabou com uma ninhada de patinhos quebrando todos os ovos para ver se encontrava os bichinhos dentro...

Leonardo Xavier disse...

Pior eu que pisei na minha própria jandaia correndo atrás dela...

=(

Danielle Martins disse...

kkkkkkkk, adorei o terceiro episódio!!!

maria de fatima disse...

Juntando vc e meu cunhado não sei quem é mais hilario!

Lorena Souza | Lyeah disse...

suas visitas alegram a minha alma!!! lê suas histórias alegram a minha semana! Vc é linda demais para apenas gostar, Ane! Xêrus para uma futura-mais-linda-vovó! Beijossss

Maria do Carmo Vieira disse...

rs Galinha de sorte... se fosse eu, pegava e comia.

Felícia é um barato...

Borboletas nos Olhos disse...

Ei, no próximo feriado, bora comer lá em casa? ;-)

Belos e Malvados disse...

Borboletas, estou tentadíssima, principalmente depois daquele post delicioso que você fez.