18 de janeiro de 2013

Aguardo

O passado nos espera
onde tudo falha.
Com seu abraço morno
e dentes amenos.

Pai, mãe, avós e tios
sussurram pacientes:
eis o nosso legado,
minha filha.

Nessa sala imensa
com tantos vidros baços
a vida conjuga
os verbos em outro tempo

Chama para a ciranda
sua risada branda
seu vestido lento

Aguardo.


Anne Cerqueira
janeiro/2013

4 comentários:

Helio disse...

Procurei onde estava escrito: curtir

Belos e Malvados disse...

Também sinto falta desse dispositivo nos blogs

debondan disse...

Aguardo mais...lindo!

Belos e Malvados disse...

Obrigada, Denise. Vamos ver.