20 de julho de 2010

Esses estranhos instrumentos de tortura

Resolvi pesar minha bolsa hoje. Nada menos do que 4 quilos e 350 gramas.
- Mas você quer carregar o mundo todo dentro dela, criatura.
Oi não?!

10 comentários:

Caminhante disse...

Mas tem que levar em conta o peso da bolsa. As de couro são sempre pesadíssimas!

Borboletas nos Olhos disse...

Tartaruga, tartaruga, às vezes penso que levo meu mundo na bolsa, mas não: chaves, meu moleskine, um livro da Clarice, outro molho de chaves que não faço idéia de onde são, carteira, outra carteira só que vazia - ou quase, batom, caixa do óculos escuro, óculos escuro fora da caixa, dois pen drives, dois pinceis pra quadro branco, talão de cheque (mas so uso cartão de debito), papeis variados,enfim, não faço idéia porque ela pesa tanto...

Leonardo Xavier disse...

Eu tenho mania de ter mais livros do que eu sei que eu vou conseguir ler, dentro da minha bolsa. Acaba servindo para fazer musculação, kkkk! Haja visto que eu tenho problemas sérios de alergia a academia e dieta.

Gabriella M. disse...

aehuaheuae, que mulher não tem esse tipo de problema, afinal?
A minha pesa que nem o mundo também! Tem de tudo! E tem coisa que eu nem sei que tinha. Um buraco negro.

Assis Freitas disse...

Tem um escritor amigo do Borges, o Bioy Casares, que disse que as mulheres tem o vigor de um cavalo, mas de deprimem por tudo. A bolsa condensa esse paradoxo: é ao mesmo tempo fortaleza e auto-flagelação.

beijo

S. disse...

Faço yoga para consertar a coluna apodrecida pelo esforço que as bolsas demandaram-me vida afora. E mesmo assim, continuo meio troncha de um lado. Pequenos detalhes diante da necessidade de... peraí que que esse filtro de café tá fazendo na minha bolsa?
Beijinhos.

Mariana disse...

Dia dêsses tentei fazer uma espécie de inventário, quis saber o que podia ser dispensado...não faço mais isto. Perdi muito tempo discutindo comigo mesma e acabei buscando mais alguma coisa. Só a minha agenda, carteira de dinheiro e cartões e o porta níqueis já são suficientemente pesados prá um exercício de musculação involuntária. Somando-se a isto os óculos, um pó de arroz básico, um livrinho, necessaire com coisinhas básicas,...preciso de tudo!

Belos e Malvados disse...

Caminhante, acho que o peso total da bolsa não pode passar de cinco por cento do nosso peso, não é isso?

Borboletas, tenho uma lista que equivale a sua. Hoje mesmo estava pensando por que carrego (entre outras coisas) 3 carteiras, um porta documentos vazio e cinco necessaires.

Leo, também tenho alergia a academia e dietas. Mas a bolsa só serve prá piorar minhas dores musculares.

Gabriela, já tive uma bolsa com buraco negro também, juro. Coisinhas pequenas sumiam e eu não sabia como. Depois descobri.

Assis, tenho uma tia que detesta sair sem bolsa. Ela acha que isso diminui as mulheres de alguma forma. Não vai na esquina.

S. rsrsrs. Já carreguei até sapato.

Mariana, esse negócio de fazer inventário e cortes tb não funciona prá mim.

Lélia Maria disse...

anne, minha filha. eu vi a matéria e adorei. ontem eu fui levar helena para fazer exames clínicos e pensei: se a tv subaé me pára para ver o que tem na minha bolsa (sempre leve) ia me causar um imenso constrangimento. entre a carteira e a sombrinha tinha um potinho com mostra para exame de fezes. só as mães são felizes (rsrsrs).

Lucila disse...

Até hoje n sei pq bolsa de mulher (a minha inclusive) parece estar sempre pronta p viajar. OHMEUDEUS! Um peso.