23 de março de 2011

O mundo é um lugar esquisito, disse o cineasta Karim Ainouz na televisão. "Quando a gente pensa que está tudo bem, acontece um terremoto". O mundo e suas catástrofes. Os homens e suas impossibilidades. Lavei prato feito uma louca ontem, só de desagravo a não sei o que. Raiva é a única coisa que me faz perder a fome.
- Por que não vai almoçar?
- Tenho medo de morrer envenenada. Pelo sentimento.

9 comentários:

Mariana disse...

Tristezas, que muitas vêzes, confundimos com raiva...quem não as tem? Mas passa. Abção.

Danielle Martins disse...

Medos... raivas... me dão fome... acho que não tenho cura...
Bjs!

Lélia Maria disse...

é isso mesmo. se não der pra botar a raiva pra fora, convém não jogar o veneno pra dentro. raiva mata e o pior é que a gente pode morrer por quem, ou pelo que, não merece.

Borboletas nos Olhos disse...

Tem hora que eu tenho medo de ser envenenada se morder minha língua :p

Belos e Malvados disse...

Lélia, pelo que.

maria de fatima disse...

se raiva matasse, adivinha onde eu estaria agora

Lucila disse...

Raiva é só o que tenho passado ultimamente. Vou infartar, e tenho certeza, por coisas que não valem a pena e pessoas que não merecem.
Minha vida nunca é morna.

Cauã disse...

Noossa, Bela; pega leve, mulher!

Maria do Carmo Vieira disse...

Desculpa. O comentário anterior foi meu, Bela. É q meu filho tava logado aqui e eu não vi. Sorry!