22 de dezembro de 2010

Ei, por que a barba do Noel é de algodão??

Dona M. comprava os presentes da familia com bastante antecedência. Em agosto ou setembro. Geralmente a gente descobria o esconderijo e fazia a festa antes.
- Mãe, deixa a gente brincar agora. Porfavor-porfavor-porfavor. Depois embala tudo novamente.
Ela deixava. E seguia assim até a noite de Natal.  Certa vez um rapaz vestido de Papai Noel chegou na porta de casa com os presentes. Mamãe contratou. Eu já tinha visto a boneca na loja e sabia que tudo não passava de teatrinho, mas entrei no clima. Claro que não ia estragar a festa dela contando a verdade, oras.

Falando em presentes, ganhei novos selinhos: 


Beijos para Danielle e para HG. Obrigada meninas.

11 comentários:

A Spinola disse...

Feliz Natal, LInda!

Caminhante disse...

Acho que um adulto é incapaz de arranjar algum esconderijo que a criança não descubra. Lembro que uma vez minha mãe escondeu a tesoura grande em cima do guarda-roupa e esqueceu. Foi atrás da tesoura no lugar certo e como não achou, ia começar a nos dar bronca. Eu disse:
- Mãe, a tesoura está escondida em cima do guarda-roupa.

Borboletas nos Olhos disse...

Selinhos merecidos. E que maravilha isso de brincar antes com os presentes. delícia. Bjs

Leonardo Xavier disse...

Eu realmente, não me lembro quando me deu conta que os Papel Noel não existe, mas lembro de ter um curiosidade triste porque uma das minhas tias, montava as arvores com os presentes de todo mundo muito antes do natal. Eu sempre tentava descobrir qual era o meu na pilha de presentes e o que tinha dentro.

Lorena Souza | Lyeah disse...

Um beijo saudoso de Feliz Natal!!! 2011 vai ser lindo com esta vovó mais linda!!! nesse mesmo ano decidir unir minha vida definitivamente com a do meu amado, onde ele se encontra atualmente, vou e deixo um quarto extra pra qdo vcs forem me visitar no Distrito Federal! Um beijo e Feliz Natal!!!

Belos e Malvados disse...

Feliz Natal para você também Augusto. Muitas saudades.

Caminhante, é verdade. Tiro por meus filhos. Não lembro de nada que a gente escondesse que eles não achassem.

Borboletas, só não perdia a graça porque a gente brincava com tempo marcado. Cinco minutos,dez minutos.Só era liberado mesmo depois do Natal.

Leo, imagino a agonia. rsrsrs

Lore, outro beijo bem grande para você e seu amor. Você vai quando? Obrigada pelo convite. Irei e ainda levarei meu neto. Posso? (vai ser menino, soubemos hoje).

escrevendo com os pés disse...

Amiga, entrei de férias hj e estarei mais presente no pedaço tá?

Feliz Natal e um 2011 super legal :)

beijos

HG disse...

Feliz Natal, Bela...

Belos e Malvados disse...

Feliz Natal, Heydi. Apareça mesmo. Estava com saudades.

Feliz Natal HG. Tudo de bom para você e os seus.

Maria do Carmo Vieira disse...

É a fantasia do Natal que, na minha opinião, enfeita sim a vida das crianças e é muito saudável. Amei os selinhos. Assino embaixo. Bjus!

Lélia Sampaio disse...

tomara que a minha filha seja generosa como vc.