14 de outubro de 2014

Sonho com a menina
ainda bem menina
muito além do sorriso
no retrato
Indiferente ao tempo
que nos lança no abismo
e depois assiste
como quem desdenha
da vida alheia
E penso:
Ninguém
Ninguém, nesse mundo de meu Deus,
sabe realmente o que é ser livre.
Anne Cerqueira
Out. 2014

2 comentários:

debondan disse...

Muito bom. Estava com saudade da tua poesia. Por isto apareci...bjo

Belos e Malvados disse...

Denise, é sempre muito bom ter você por aqui. Beijos.