10 de junho de 2010

Abre parênteses

Devo confessar que às vezes fico com vergonha da eterna repetição de um certo pronome (eu) nessa página. Fico mesmo. Mas vamos combinar que esse é um blog diarinho e vocês relevam, não é, pessoas finas, elegantes e sinceras? (Aqui me imaginem fazendo olhos de misericórdia e vamos adiante).

10 comentários:

Leonardo Xavier disse...

No fim das contas todas as pessoas são egocêntricas... A experiência de vida está centrada no eu.

Caminhante disse...

Também tenho essa sensação. Pra me sentir menos mal, uso o sujeito oculto :P

Borboletas nos Olhos disse...

Nem me conte...é o que eu acho, o que eu gosto, o que eu vi, o que eu li rsrs

Teo disse...

o pior são os políticos que usam o nós ou o verbo na primeira pessoa do plural...
Continue com o Eu... o seu é com letra maiuscula e isto é uma virtude... no fundo todos tem uma visão a partir de si... o que pode variar é fazer as escolhas e decisões levando em consideração os outros...
um beijo

Belos e Malvados disse...

Teo, obrigada pelo carinho. Achei lindo o que você disse. Beijo grande.

Maria do Carmo Vieira disse...

O blog é SEU, mulher! Por isso, o pronome mais adequado é EU mesmo. Ou vc prefere fazer como certas pessoas que, fingindo humildade ao falar dos próprios feitos, preferem NÓS?. Heim?!!!

Borboletas nos Olhos disse...

Já estou esperando sua lista...aliás podemos diversificar e combinar lista de livros, de medos, de lugares,rsrs...

Belos e Malvados disse...

Ótima ideia, Borboletas. O único problema é que minha lista de medos seria enooooooooooorme.

Lélia disse...

o blog é sEU. beijos

a véia do blog disse...

"Vixi maria" num reparo nessas coisas não...............será que tb abuso do "eu"-me rs